menu-topo

Quem sou eu?

21.5.14
Olá, o meu nome é Rafaela Mota Lemos. Quando tinha a singela idade de 22 anos, em 2006, criei o blogue Odisseando, um híbrido toponímico da Odisseia de Homero e do Cronicando do Mia Couto. Assim, deixo-vos uma lista cronológica de eventos da minha vidinha para que fiquem a conhecer um bocadinho melhor o meu percurso.

1983: Numa terça-feira de Novembro, um dia chato para a minha mãe, que sofreu horrores com o parto, nasci na simpática cidade de Portimão.

2001: Sem saber muito bem o que queria fazer da vida, achei que ser tradutora seria uma profissão simpática e fui estudar para Leiria.

2005: Despedi-me da bela Leiria, cidade na qual fui muito feliz, e em Outubro fui para o Rio de Janeiro fazer o meu estágio curricular. Foi a primeira viagem da minha vida e marcou um ponto de viragem na minha história.

2006: Fui fazer Erasmus para Milão. Aprendi a língua italiana, o que se veio a demonstrar fundamental para a minha carreira. Licenciei-me em Tradução. Fiz um mês de backpacking em Itália e ganhei o gosto de viajar sozinha.

2007: Mudei-me para Milão, onde vivi, de corpo e alma, durante 2 anos e meio. Comecei a minha carreira, com um emprego à séria, na área de marketing digital, para além de ter arrancado com a minha actividade de tradutora freelancer.

2009: Disse adeus aos italianos e resolvi voltar para Portugal, no começo da crise. Fui morar para Lisboa em Novembro.

2011: No final do ano, dei as boas-vindas a duas grandes mudanças na minha vida: fui morar sozinha pela primeira vez, num pequeno apartamento na Mouraria, e despedi-me do meu emprego, dedicando-me apenas à carreira de tradutora, em regime freelancer.

2012: Dediquei-me a sério ao trabalho, o meu primeiro ano de freelancer a tempo inteiro. Tornei-me editora do Tumblr, um dos meus principais clientes. Juntei-me à família do CorworkLisboa, sendo que o conceito de coworking tornou-se parte fundamental do meu bem-estar e da felicidade no trabalho.

2013: Fiz um programa de rádio, continuei a trabalhar horrores como tradutora, curti muito a cidade de Lisboa com os amigos e vivi um grande ano. Fiz 30 anos. Ouch.

2014: Comecei o projecto pessoal Home is where I am, no qual me proponho a viver em 5 cidades e fazer delas a minha casa: Rio de Janeiro, Nova Iorque, Tel Aviv, Nápoles e Lobito. O grande objectivo é sentir-me inspirada, embrenhar-me noutros ambientes e poder contar boas histórias.

Sem comentários:

Enviar um comentário

AddThis