menu-topo

Coisa #27 que aprendi antes dos 30

12.12.13



[lição 1 de 2 sobre o medo]

Uma das minhas melhores amigas desta vida não pertence à minha geração. São doze anos de amizade que nos unem e doze anos que nos separam (desculpem a falta de originalidade, o Carlos Tê já escreveu uma coisa parecida, né?) e nem sempre é fácil. Não obstante a diversidade de opiniões, prioridades, objectivos e interesses, conseguimos manter uma amizade tão bonita que me delicia com a certeza de que coisas assim nunca acabam. 
A Tina esteve presente em todas as grandes decisões que tomei na vida. Quando a maior parte dos amigos me gabam a coragem e a ousadia, a Tina é das poucas que sabe o quanto me é difícil dar um passo em frente. O quanto eu penso, hesito, reflicto, desespero e me fustigo. Desde os meus 18 anos, sempre que lhe peço uma opinião e lhe digo que tenho medo, ela responde invariavelmente: « - Quem tem medo compra um cão.». 
Lembro-me de inicialmente ficar sempre muito indignada com aquela resposta e pensar sempre que bela merda de ajuda que aquilo era. Um dia lá percebi: para ela, ter medo era totalmente lícito, mas nunca podia utilizá-lo como uma desculpa para não ir em frente. Ela é assim. 
E eu? Eu copio-lhe a atitude com todo o meu atrevimento.

Sem comentários:

Enviar um comentário

AddThis