menu-topo

Coisa #2 que aprendi antes dos 30

23.10.13


Não gosto daquela lengalenga do "tens de ser tu mesma". Prefiro reformular um bocadinho a coisa e seguir o lema "sê fiel aos teus instintos, respeita aquilo que te sai de modo natural". É mais específico. Vai sempre haver alguém mais bonito do que eu, mais inteligente do que eu, mais talentoso do que eu e com um rabo mais pequeno do que o meu. Mas ninguém vai ser tão bom a ser eu...como eu mesma. E ser-se eu é bué da fixe.

2 comentários:

  1. Não percebo que moda é essa de que ter um rabo pequeno é bom... ou não ter rabo de todo, como as anoréticas.

    ResponderEliminar
  2. estou tão wild e sen oscar à vista. fritei a cabeça durante o dia e só dá citação. é mato. mas é mesmo isso, rafita: 'be yourself [reformula aí]; everyone else is already taken" :).

    (agora lembrei me da cathy, sabes aquela enfadada? houve uma tira que se deixou ficar na memória umas duas décadas, ou mais. era qualquer coisa assim: se só tenho uma vida ao menos que a viva com as pernas de outra". achei um suspiro de triste. de tal forma que hoje estou a falar disso como se fosse importante. mas talvez até seja. pessoalmente não me recordo quando aceitei totalmente as lingrinhices inferiores, vai na volta a cathy até deu uma ajuda. pavor de querer ser outra. é bué fixe seres tu, concordo contigo. beijo)

    ResponderEliminar

AddThis