menu-topo

Da insistência

11.5.11
Não gosto de olhar para o telemóvel e ver 8 chamadas não atendidas, mesmo tendo eu pegado nesse pequeno aparelho 10 minutos antes. A não ser que alguém da família tenha morrido, não encontro justificação para que alguém telefone vezes sem conta à espera de ser atendido. Se eu tivesse visto alguma dessas mil chamadas, teria certamente enviado uma mensagem nem que fosse a dizer "estou no trabalho, não posso falar", mas se não enviei e se o telemóvel está no silêncio, ligar uma vez ou dez vezes é precisamente a mesma coisa, pois significa que não estou perto do telemóvel. E nem sequer vou comentar o facto que alguém telefone 8 vezes para outra pessoa durante o horário de trabalho. A sério, não tem mais nada para fazer?

Post 100% inspirado no blog Não Gosto da Maat, uma das minhas bloggers fetiche.

5 comentários:

  1. nem me fales disso... então quando estou no escritório e algum telemóvel de algum colega que não está no sítio toca vezes e vezes seguidas, eu passo-me. eu tento controlar-me e o mais que faço é ir lá e pôr em silêncio enquanto toca. mas a minha vontade era atender e dizer à pessoa do outro lado: se não atendeu à primeira nem à segunda, é porque não pode e quando vir as suas chamadas liga de volta, por isso pode parar de insistir!
    eu acho que essas pessoas às vezes têm pensamentos que uma ou duas vezes já me passaram pela cabeça: já que não atendes, não falas com mais ninguém e vou-te gastar a bateria toda. só pode.
    é como quando estou em casa e tocam à campainha e eu sei que é publicidade e não vou atender. e tocam e tocam e tocam. a minha vontade é atirar um balde de água pela janela fora. já estou irritada, só de pensar nisso.

    e obrigada pela referência ao meu blog, sinto-me lisonjeada.
    e posso dizer que apanhaste bem o jeito da coisa. tens jeito para não gostar de coisas :)
    baci*

    ResponderEliminar
  2. O que me irrita é quando ligam 8 vezes seguidas, dá logo aquela preocupação do "quem morreu". MAS, se ligaram as 7 primeiras vezes, não dá para DEIXAR uma mensagem?!

    ResponderEliminar
  3. Como eu te percebo! Tenho uma cliente que hoje já me ligou 5 vezes. Pormenor: ela é venezuelana e eu não percebo puto do que ela diz, por isso já tínhamos combinado que as nossas conversas são mais úteis se forem por e-mail. Mas a gaja insiste...

    ResponderEliminar
  4. @Maat, muito obrigada pelo comentário Tu tens o condão de tornar coisas totalmente comuns e normais em grandes teorias que nos fazem exclamar à frente do monitor:
    - Bolas, então não é que é mesmo verdade?!!

    "Ter jeito para não gostar de coisas" foi a melhor expressão do mês, obrigada. :) Até já pensei em fazer um feel good blog com o oposto do que tu escreves "Gosto de...", mas para escrever isso sem cair em lugares comuns, teria de pensar muito bem em cada post.

    Um beijo para ti.

    @Jo Ann, sabes que tenho trauma com mensagens? Como uma vez recebi uma msg de voz pouco simpática, agora se por acaso recebo alguma, nunca ouço, por pura e simplesmente medo.

    @Julie, isso também é algo que me faz confusão: quando pedimos especificamente a uma pessoa para nos contactar via e-mail, mas ela insiste em telefonar. Take the hint, hello!

    @Jibóia, engraçado que usaste o masculino. Sim, era um gajo. Mas o facto de ter ligado 8 vezes para mim foi tão turn-off que não respondi à chamada ainda.

    ResponderEliminar

AddThis