menu-topo

Tão bonito que dói

7.4.10


Tudo começou com uma canção pop.
Apresentou-se ao mundo com uma canção dançável e fácil de cantarolar, Put your Records On. Um clip alegre, muito veranil e colorido. Animou sem dúvida muitos corações durante o ano de 2006.
Quando comprei o álbum, abriu-se perante mim um novo universo. Uma nova sonoridade, sem ser apenas jazz, soul ou R&B, mas sendo uma mistura perfeita disso tudo, voou pela minha vida adentro. Associada a uma voz interessante, uma espécie de Macy Gray misturada com Sade, causou um impacto num ano cheio de novas vozes vindas de Inglaterra (Amy Winehouse, Adele, etc). A música da Corinne é suave, fazendo-nos recordar de imediato a música ambiente de uma infância feliz. Evoca imagens femininas e doces, como meninas que saltam ao elástico e riem ao ver passar o menino bonito do quarteirão na sua bicicleta azul.

Em 2007 vi-a ao vivo em Milão. Fiquei na primeira fila e fiquei encantada com esta menina-mulher. Lembro-me de ter referido na altura que ela é a personificação da doçura. Em tudo, nos gestos, na colocação da voz, na interacção com o público e tudo isto, claro, se reflecte na sua composição musical. Não chama a atenção pela sensualidade, mas encanta pela pose genuína, como se tivesse ido parar em cima do palco por acaso. Como se estivesse a assistir ao concerto na plateia e subisse ao palco porque o músico principal a convidou. E ali se apresenta com aquela timidez de novata, mas a certeza do talento que possui.

Hoje, tem 31 anos e muitos momentos de amargura em cima. O marido com quem estava casada há quase 10 anos, morreu. Esperou algum tempo e lança agora o novo álbum, 4 anos depois do primeiro. O primeiro single fala precisamente sobre esta perda. Nem toda a gente passou por uma morte de um marido, mas todos já perdemos um grande amor. Por isso, fica aqui a canção que me deixou boquiaberta do início ao fim.
A doçura permanece, mas agora o desencanto faz-lhe companhia.

2 comentários:

  1. já gostei mais desta cantora. Prefiro a Jill Scott e a Erycah badu :)

    ResponderEliminar

AddThis