menu-topo

Os outros e nós - Parte II

21.6.09

Para além de todas as ideias intrínsecas, sentimentos profundos, hábitos impossíveis de abandonar, há algo que nos torna portugueses no coração: a nossa língua.
Defendemo-la com unhas e dentes, dissertamos sobre as nossas expressões engraçadas e suamos para poder explicar de forma fiel e completa a um estrangeiro o que quer dizer "saudade", visto ser a sétima palavra mais intraductível do mundo. A língua é a forma mais profunda de identidade nacional.
Por acaso, encontrei há pouco tempo aqui em Milão um amigo português com quem converso (muito?), mas estive durante mais de dois anos sem falar português com frequência, usando apenas o italiano e inglês como língua de socialização e de trabalho.

Lição número 3: aprendemos a conhecer a nossa língua a um nível tão profundo quando somos privada da mesma.

(continua)

Sem comentários:

Publicar um comentário

AddThis