menu-topo

Ao virar de cada página

26.6.06
Em mais uma noite quente em Milão, detenho-me a pensar nas surpresas que nos aguardam ao virar de cada página. Ao longo do nosso percurso social, travamos conhecimento com tantas pessoas e cada uma delas tem um aspecto peculiar que as distingue.
Mas nem toda a gente consegue ser uma lufada de ar fresco na nossa vida.
Seja porque o seu sorriso parece mais verdadeiro do que os outros todos...seja porque me transmite calma e segurança...seja porque tem um talento especial...seja porque é candidamente bonito...a verdade é que conheci alguém assim e fico contente por ter a oportunidade de ser agraciada com estes pequenos presentes. Humanos.
É um prazer conhecer-te, Miguel.

1 comentário:

  1. Amiga!
    Quem somos nós sozinhos?!?
    Quem somos nós sem os Amigos?!?
    Eu também sou assim... não me concebo sem os Amigos e são eles que me fazem ser o que sou!
    OBRIGADO POR TERES APARECIDO!
    UM ABRAÇO!

    ResponderEliminar

AddThis